quarta-feira, setembro 20, 2017

Uma vitória importante!

Se estivéssemos no ténis diria que Domingos Paciência salvou o primeiro ponto de break ao vencer em casa o Estoril por duas bolas a uma. Para isso acontecer teve que socorrer-se da prata da casa o que vem provar que é sempre bom mantermos as joias de família! Com efeito Tiago Caeiro é hoje um dos melhores a actuar naquela posição e tivesse menos uns anos e já estaria a jogar num clube estrangeiro. Pode jogar o jogo todo?! Não. Pode andar a correr de um lado para o outro a pressionar a saída de bola do adversário?! Claro que não. Mas pode em determinados jogos, e se for bem servido, marcar golos com os pés e com a cabeça.

Benny é outro dos jogadores que mudou o jogo com a sua entrada. Formado no Belenenses tem que ser uma aposta permanente, mas não é para vender, é para sustentar o meio campo azul. É rápido, raçudo, joga para a equipa, assume uma certa verticalidade, e só tem que melhorar no remate. E ter cuidado com as entradas.
O resto foi defender bem, sem falhas ou parvoíces, com uma defesa práticamente nova em relação á época passada. Uma defesa, ou sistema defensivo, em evolução.

Por fim uma última nota sobre o VAR! Parece que à sexta jornada o Var desapareceu! Sumiu-se! Estranho para quem foi tão interventivo nas primeira jornadas e quando se tratou de salvaguardar, acautelar, vigiar determinados interesses em jogo. Tive que escrever assim para todos perceberem. Por exemplo, o VAR não veio atrás, não rebobinou a jogada que deu o golo do Benfica no Bessa! Jogada em que Luizão agarra um jogador do Boavista! O que passou-se?!



Saudações azuis

xmlns:dc="http://purl.org/dc/elements/1.1/"

<< Home