terça-feira, abril 10, 2018

Os superiores interesses de um clube de futebol!

Depois das bicicletas do Ronaldo, que ameaçam substituir as caravelas no imaginário nacional, tivemos esta semana o linchamento público do presidente leonino! Outro grande desígnio nacional! Acusam-no de pôr em causa os superiores interesses do Sporting! Mas na verdade a acusação é outra e bem mais grave: - Bruno de Carvalho denunciou o nacional benfiquismo, a corrupção latente, pedra angular da situação que vivemos. E isso não tem perdão. Assim, depois de analisada (até à exaustão) a arma do crime, um post no facebook, conferidas as impressões digitais, tudo aponta para que o culpado acabe os seus dias no degredo. Ou em alternativa numa clinica psiquiátrica onde será devidamente reeducado.

Mas deixemos esta guerra que aparentemente não é nossa para nos debruçarmos sobre a frase de que todos abusam para justificar a acusação – os superiores interesses de um clube de futebol! Mas quais são eles afinal?!

Para mim os superiores interesses do Belenenses passam sempre por ganhar o próximo jogo e todos os outros a seguir. E sustento esta máxima lembrando-me das vitórias passadas que me obrigam, pelo menos, a igualar aquele esforço e aquela glória. Nessa altura não me lembro de mais nada. Nem das contas do clube, ou da SAD, nem das querelas internas, ou daquilo que escrevo ou deixo de escrever. Penso aliás que todos adeptos reagem da mesma maneira. E por maioria de razão o respectivo representante. Palmas quando ganham, assobios quando perdem. Fugir a esta regra ou é hipocrisia ou tentar iludir a questão. Há também, claro, os que se conformam com as derrotas ou já se habituaram a elas. Para esses não faço ideia do que falam quando invocam os superiores interesses do clube que dizem amar!

Por último constato com alguma esperança o aparecimento de um fenómeno curioso! Numa época onde o dinheiro comanda tudo e onde todos (jogadores, treinadores, roupeiros, dirigentes) querem ‘dar o salto’ a troco de mais uns cobres, começa a vingar o discurso de alguns treinadores, um discurso mais próximo das raízes do clube que representam, e assim vão estabelecendo uma ponte entre a equipa e os adeptos. Silas está a fazer isso no Belenenses e eu aplaudo. Por muitos e bons anos.

Saudações azuis



Notícia fresca - O Correio da Manhã afirma hoje na sua edição em papel que João Amaral, um dos melhores jogadores do Vitória de Setúbal, não alinhou contra o Benfica por indicação da Direcção sadina. Estranha o referido jornal que sendo um jogador totalista, não estando lesionado e tanto quanto se sabe não fazendo parte do rol dos emprestados, alguma coisa se terá passado! Nada que interesse com certeza.

xmlns:dc="http://purl.org/dc/elements/1.1/"

<< Home